1 Like

Ermida Nª Srª da Conceição - Tomar
Portugal

Ermida de Nossa Senhora da Conceição - Tomar

A Capela de Nossa Senhora da Conceição é uma das mais belas obras do Renascimento europeu, caracterizando-se por uma grande pureza de linhas clássicas, numa conjugação de rara proporcionalidade e harmonia, erigida sob o mecenato de D. João III, traçada por João de Castilho, continuada pelo arquitecto Diogo Torralva e concluída no seu coroamento por Filipe Terzi, c.1561.

A arquitectura concilia a ideia «pagã» de templo no exterior, interpretada ao modo cristão pelos humanistas do Renascimento.
O exterior de pedra amarelada da região é de uma grande simplicidade, um frontão triangular acompanha a fachada principal, abrindo, no tímpano, um óculo incompleto. O portal é desprovido de ornamentos, com uma porta de verga horizontal, emoldurada em perfis simples e com duas janelas simétricas, de ombreiras perspectivadas em ponto de fuga central; o transepto encontra-se ligeiramente saliente nas fachadas laterais e é encimado por frontões triangulares.
O interior desenha um espaço harmonioso com um apurado sentido da proporção e da medida, é de planta rectangular, lembra soluções já encontradas no Convento de Cristo, nomeadamente a original forma de combinar a coluna, arquitrave e abóbada de caixotões e a estrutura modelar dos edifícios.
A capela-mor arredonda a superfície de topo e cobre-se com um concheado simples e elegante. O transepto tem uma cúpula no cruzeiro em barrete de clérigo e nos cantos apresenta mascarões, que provavelmente representam os quatro rios do Éden.   
À harmonia vem associar-se a carga simbólica que deriva da própria organização espacial e da ornamentação de capitéis e mísulas cuja ornamentação classicizante é passível duma leitura humanístico-cristã que tem a ver com a prevista função do edifício: ser mausoléu de D. João III e da família real. El-rei escolheu para a sua última morada o lugar reservado aos príncipes, entre a cidade de Deus (Convento) e a cidade terrena (vila de Tomar).
A principal fonte utilizada pelo arquitecto régio foi a edição de Cesariano, com ilustrações da obra, mas também há fontes clássicas, como gravuras baseadas na tratadística vitruviana, de um purismo antiquizante.

Amélia Casanova

(Historiadora de arte)

View More »

Copyright: Sotero Ferreira
Type: Spherical
Resolution: 8296x4148
Taken: 06/04/2009
Uploadet: 07/04/2009
Opdateret: 01/03/2015
Visninger:

...


Tags:
comments powered by Disqus
More About Europe

Europe is generally agreed to be the birthplace of western culture, including such legendary innovations as the democratic nation-state, football and tomato sauce.The word Europe comes from the Greek goddess Europa, who was kidnapped by Zeus and plunked down on the island of Crete. Europa gradually changed from referring to mainland Greece until it extended finally to include Norway and Russia.Don't be confused that Europe is called a continent without looking like an island, the way the other continents do. It's okay. The Ural mountains have steadily been there to divide Europe from Asia for the last 250 million years. Russia technically inhabits "Eurasia".Europe is presently uniting into one political and economic zone with a common currency called the Euro. The European Union originated in 1993 and is now composed of 27 member states. Its headquarters is in Brussels, Belgium.Do not confuse the EU with the Council of Europe, which has 47 member states and dates to 1949. These two bodies share the same flag, national anthem, and mission of integrating Europe. The headquarters of the Council are located in Strasbourg, France, and it is most famous for its European Court of Human Rights. In spite of these two bodies, there is still no single Constitution or set of laws applying to all the countries of Europe. Debate rages over the role of the EU in regards to national sovereignty. As of January 2009, the Lisbon Treaty is the closest thing to a European Constitution, yet it has not been approved by all the EU states. Text by Steve Smith.