0 Likes

Praça Central de Natividade da Serra
Brazil

No início do século XX, com a vinda da industrialização para o Vale do Paraíba, Félix Guisard em 1913, havia planos iniciais que previam a construção de uma usina hidrelétrica em Natividade da Serra, para suprir o abastecimento de energia elétrica na região aproveitando as corredeiras do rio Paraitinga num local conhecido como Ponte dos Mineiros. Porém, o início da Primeira Guerra Mundial em 1914 impediu o embarque dos maquinários e geradores para o Brasil anulando assim o projeto.

Passados 120 anos de sua existência, Natividade da Serra, sofreu uma enorme transformação e foi translada para um novo local, à aproximadamente um quilômetro adiante na rodovia que liga a cidade à Taubaté. Esta mudança foi em consequência do represamento do rio Paraibuna, rio Lourenço Velho, rio do Peixe e rio Paraitinga, para a construção da Usina Hidrelétrica de Paraibuna formando a represa da Companhia Energética de São Paulo (CESP) devido uma necessidade de atendimento sócio-econômico regional.

O estado procedeu com à construção da Represa de Paraibuna, inundando quase 200% da área e das edificações da sede e parte da área rural. Na zona rural, o represamento das águas afetou as terras férteis, eliminando grande parte da agricultura de subsistência.

Com construção da barragem de Paraibuna, ocorreu a inundação da cidade antiga, surgindo a nova Natividade da Serra fundada 13 de agosto de 1973 com o lançamento da pedra fundamental feita pelo então prefeito Otacílio Fernandes da Silva, Padre Higino e Terezinha de Castro Aquino, no local onde se ergue a igreja matriz da cidade.

O fenômeno da industrialização da “Calha do Vale” (Taubaté, Pindamonhangaba e Tremembé) e a inundação de algumas áreas do município, contribuíram para a emigração de parte da população. Para minimizar os prejuízos ocasionados pela inundação eliminando suas terras férteis, os produtores rurais investiram em grande escala, na plantação de eucaliptos.

Copyright: Emilio Campi 360 Total
Type: Spherical
Resolution: 8996x4498
Загружена: 30/01/2011
Обновлено: 18/08/2014
Просмотров:

...


Tags: natividade da serra; igreja; praça; emilio campi
comments powered by Disqus

Emilio Campi - 360 Total
Igreja Nossa Senhora da Natividade
Emilio Campi - 360 Total
Centro Cultural de Natividade da Serra
Emilio Campi - 360 Total
Represa em Natividade da Serra
Emilio Campi - 360 Total
Ponte em Natividade da Serra
Emilio Campi - 360 Total
Represa Paraibuna
Emilio Campi - 360 Total
Represa Paraibuna
Emilio Campi - 360 Total
Balsa na Represa Paraibuna
Emilio Campi - 360 Total
Redenção da Serra - SP
Emilio Campi - 360 Total
Redenção da Serra - SP
Emilio Campi - 360 Total
Redenção da Serra
Emilio Campi - 360 Total
Igreja Matriz de Redenção da Serra
Emilio Campi - 360 Total
Igreja matriz de Redenção da Serra
Tibor Illes
Onion House Cultural centre (Hagymaház) - Theatre auditorium - planning Imre Makovecz
Manuel Gine
VOLTES DEL CIRC
Jakub Hruska
Aboard Norröna
Flemming V. Larsen
Sculpture by the Sea - by Jörg-Werner Schmidt
Alexander Saranchuk
Crossroad bl. Shevchenko - Pushkinskaya st. - Premier Palace Hotel - Kiev - Ukraine
Mark Schuster
Golestan Palace - Iran - Tehran [3]
Jann Lipka
European election - climate installation of the Green Party
Milos Pec
Burroughs Mountain, WA, USA
Daniel Oi
University of Glasgow, Undercroft
Flemming V. Larsen
Sculpture by the Sea - by Hugh Ramage
Carel Struycken
Pasadena Cityhall Courtyard
Thomas Bredenfeld
Suworow Monument and Devil's Bridge on the Gotthard route in Switzerland
Emilio Campi - 360 Total
Corredor Pousada Vision
Emilio Campi - 360 Total
Rua Interna
Emilio Campi - 360 Total
Quiosque na Pousada Ana Doce
Emilio Campi - 360 Total
Sítio Santa Cruz
Emilio Campi - 360 Total
Psicoterapia
Emilio Campi - 360 Total
Mundo a Vapor
Emilio Campi - 360 Total
Multimidia
Emilio Campi - 360 Total
Moinho Gaúcho
Emilio Campi - 360 Total
Pousada dos Girassóis
Emilio Campi - 360 Total
Vila do Sol Piscina
Emilio Campi - 360 Total
Cozinha
Emilio Campi - 360 Total
Capela do Colégio e Educandário Madre Clélia
More About Brazil

Here's your soundtrack. Okay, maybe they're not exactly brazillian but their music is awesome and their live shows legendary.Now, Brazil covers almost half of South America and its Amazon rainforest is the world's largest jungle... which is rapidly getting cut down. The country is basically one giant botanical garden with some bangin' cities on its edges.Brazil was colonized in 1808 by the royal court of Portugal, which was fleeing Napolean's troops. They didn't stay long, and Brazil won its independence in 1822.Its biggest city, Sao Paulo, is the financial hub of South America. Brazil is the "b" in BRIC -- Brazil, Russia, India and China. These four were labeled the world's fastest developing large economies in the year 2001.Brazil is known for three things: amazingly beautiful women, carnival, and Pele -- King of Football, Athlete of the Century, football ambassador of the world and a declared national treasure.Brazillians can tell foreigners a mile away, by the way their hips move. Samba is built into the soul of brazil and carnival is when it bursts out into twenty-four hour undying explosions of sound on every street.This picture of mask diving at the Taipus reefs makes me shed hot and salty tears all over my calendar, which is set on "January" right now.Text by Steve Smith.